Mizuno Wave Prophecy

Mizuno Wave Prophecy 5

Mizuno Wave Prophecy 5 – Azul e Preto- MasculinoMizuno Wave Prophecy 5 é um tênis para corrida que foi projetado para atender corredores de pisada neutra e que buscam calçados de qualidade e que ofereçam muito conforto e durabilidade. Mesmo que não tenha um peso que agrade a primeira vista, ainda sim são capazes de surpreender com uma poderosa redução de impactos proporcionada pelas tecnologias U4icX e X10 que estão presentes na entressola e no solado deste consagrado modelo da Mizuno.

Leia o review completo da nova versão deste modelo: Mizuno Wave Prophecy 6
Estas são duas das várias outras tecnologias investidas no produto, um modelo que tem se mostrado uma ótima companhia para quem quer experimentar amortecimento, flexibilidade e muito retorno de energia, e ainda sim se sentir protegido em diversas situações e superfícies.

Podemos dizer que ele tem se mostrado uma escolha multifuncional de excelente desempenho em corridas intensas, assim como em corridas ocasionais ou treinos diários. Mas todos os benefícios de dele podem ser sentidos da melhor maneira em corridas de velocidade.

A combinação de várias tecnologias incorporadas no Mizuno Prophecy 5 ainda fazem desde par de tênis um sucesso entre corredores de velocidade que buscam suporte em calçados que não possuem drop-zero (aqueles que apresentam a mesma altura no calcanhar e no antepé). A nota razoável no Guia Tênis provavelmente é devido ao custo.

O preço deste tênis infelizmente não é acessível, mas vários consumidores se mostraram muito satisfeito com o investimento feito.

Continue lendo o nosso artigo para entender com mais detalhes o porquê Prophecy 5 faz tanto sucesso!

Cabedal do Mizuno Wave Prophecy 5
O cabedal do apresenta a tecnologia Dynamotion Fit que permite uma incomparável interação entre o calçado e os pés. Com uma sensação de segunda pele, o cabedal do Prophecy 5 se mostra sensível a cada movimento realizado pelos pés durante a corrida, com isso é capaz de reduzir de forma significativa a fadiga muscular e o estresse sofrido pelas articulações. Os materiais e o design constroem um tênis que fornece uma transição suave e cheia de conforto.

Mizuno Wave Prophecy 5 – Cabedal

Como nossos pés torcem, dobram, estendem e se contraem a cada passada, nada melhor do que um cabedal que acompanhe nossos pés a cada momento. Com os sistema Flex Eyelets – ilhoses flexíveis – integrado ao Mizuno Wave Prophecy 5 fornece estabilidade aos pés e permite que o cabedal contraia e se estenda de forma inteligente.

O cabedal do apresenta a tecnologia têxtil Stretch Mesh que consiste em um material flexível e extremamente confortável. Sua função é fornecer um ambiente seguro que evita o surgimento de bolhas mesmo em pontos que frequentemente sofrem fricção entre a pele e o tecido.

Mizuno Wave Prophecy 5 – Azul e Preto

E por falar em conforto, não tem como deixar de mencionar um quesito muito importante: a respirabilidade do cabedal. Wave-Prophecy 5 recebe uma construção superior com tecnologia AIRmesh: tecido flexível, de peso leve e de tramas abertas que possibilita um ambiente interno sempre ventilado e fresco.

Para manter os pés livres do suor e de altas temperaturas, ele ainda recebe a tecnologia Mizuno Intercool, que explicaremos mais adiante, pois este sistema de ventilação se integra à entressola deste calçado!

Ainda no interior do cabedal podemos encontrar mais um item que fornece conforto e amortecimento extra ao Mizuno Prophecy 5, que são suas palmilhas com tecnologia Ortholite. Além de macias e anatômicas, as palmilhas recebem tratamento antimicrobial que elimina bacatérias causadoras do mau cheiro.

Ajuste inteligente, estabilidade, conforto, ventilação e segurança. Todos estes quesitos você vai encontrar no cabedal deste super tênis para corrida Mizuno!

Entressola do Prophecy 5
Desde 2013 a Mizuno utiliza na construção dos seus melhores calçados a tecnologia U4ic. Mas o Mizuno Wave Prophecy 5 vai além e apresenta em sua entressola a evolução desta tecnologia: a U4icX. Com atualizações esta tecnologia entrega aos corredores um calçado com ótima absorção de impactos e muita durabilidade. U4icX ainda tem a vantagem de ser uma estrutura leve que deixa os calçados atuais da Mizuno 30% mais leves do que aqueles que utilizam as antigas gerações de entressola da marca.

Este tênis recebe uma peça de entressola inteiriça que ocupa o calçado de ponta a ponta. Estamos falando da consagrada plataforma Infinity Wave. Ela foi desenvolvida para interagir com os movimentos naturais do pé. Sua maior função é dispersar as forças geradas por cada impacto para além da entressola. Infinity Wave é capaz de oferecer transições extremamente confortáveis e cheias de suavidade.

Ainda na entressola a tecnologia Mizuno Intercool, que citamos agora pouco, otimiza a gerência de temperatura interna ao constituir um poderoso sistema de ventilação na entressola.

Solado do Wave-Prophecy 5
Ele possui a tecnologia X10 em sua sola, que são fabricadas com borracha de carbono. Este material de alta qualidade é capas de fornecer tração eficaz e durabilidade extrema.

A tecnologia X10 oferece muito mais vida útil ao solado, principalmente às áreas de impacto como calcanhar e antepé. Além disso, a borracha de carbono oferece amortecimento extra, flexibilidade e resposta para otimizar sua performance enquanto fornce o conforto que você precisa durante toda a corrida.

Mizuno Wave Prophecy 5 – Solado

O solado de qualquer calçado que se prese pode te ajudar a obter transições mais suaves. Que é o caso do nosso Prophecy 5. Você poderá sentir também uma ótima sensação de flexibilidade, não só pela resiliência da borracha de carbono X10, mas pelo trabalho conjunto deste material com o desing da sola que apresenta sulcos flexíveis, que são cortes em locais estratégicos com função de trazer mais flexibilidade ao calçado.

Conclusões
Em linhas gerais, a quinta versão do famoso Prophecy 5 chega aos nossos pés como um bom amigo para quem possui pisada neutra e pratica corridas longas ou treinos diários. Seu peso ainda deixa um pouco a desejar quando apresenta 357g para calçados masculinos e 295g para os pares femininos. Mas quando mencionamos seus benefícios como amortecimento, resposta, durabilidade, conforto, ajuste e estabilidade, muitos consumidores apostam nele que, mesmo com seu preço salgado de R$1.299,90, tem feito grande sucesso entre os corredores.

Como acabar com a garganta inflamada

Algumas medidas como tomar remédio para garganta inflamada são muito boas e ajudam a eliminar os microrganismos da garganta, diminuindo os sintomas;
Tomar o chá de limão com mel e gengibre 2 vezes por dia: possui propriedades antibacterianas e é rico em vitamina C, que fortalece as defesas naturais do organismo. Para fazer o chá, basta acrescentar a 1 xícara de água fervente 1 limão fatiado e 1 cm de gengibre, esperando cerca de 15 minutos. A seguir, coar e adoçar com mel.
Tomar o chá de malva, sálvia ou alteia: possuem propriedades anti-inflamatórias e lubrificam a garganta, aliviando os sintomas. Para fazer o chá basta adicionar 1 colher de sopa da erva escolhida em 1 xícara de água fervente;
Tomar a vitamina de morango com mel: o morango possui vitamina C que ajuda a aumentar as defesas do organismo e o mel lubrifica a garganta, ajudando a reduzir a dor e a inflamação. Para fazer esta vitamina deve-se bater no liquidificador 1 copo de leite e 6 morangos, acrescentando depois 1 colher de mel.

​​Em relação ao que comer para garganta inflamada deve-se dar preferência a alimentos líquidos e pastosos, como sopas, caldos ou purê de frutas, evitar beber alimentos gelados, o que reduz a dor e o desconforto ao engolir.

Sintomas da garganta inflamada
Os sintomas da garganta inflamada incluem:
Desconforto na garganta;
Tosse seca e irritativa;
Dor de garganta ao engolir ou falar;
Garganta muito vermelha e inchada;
Febre inferior a 38.3ºC, caso haja infecção da garganta por um vírus;
Febre alta, superior a 38.3ºC, caso a infecção seja bacteriana;
Mau hálito e ínguas no pescoço.
Como curar a garganta inflamada
A garganta inflamada pode ser causada por uma gripe, resfriado, amigdalite, laringite ou faringite. Outras possíveis causas da dor de garganta podem ser a irritação na garganta pela inalação de sustâncias tóxicas, o consumo exagerado de bebidas alcoólicas ou o refluxo dos alimentos para a garganta.
Geralmente, com os remédios para a garganta inflamada prescritos pelo médico e estas medidas caseiras, a inflamação da garganta passa em 3 dias. Confira alguns remédios para dor de garganta que podem ser úteis.

Alguns ótimos remédios caseiros para auxiliar a cura da garganta inflamada são os chás de plantas medicinais, gargarejos com água morna e os sucos de frutas cítricas como morangos ou abacaxi, que ajudam a desinflamar a região e a retirar os micro-organismos que podem estar presentes neste local.
No entanto, além adotar um destes remédios caseiros o que se pode fazer é proteger a garganta evitando tomar gelados e adotando uma alimentação pastosa, que não irrita a garganta durante a deglutição, como sopa morna, mingau e vitaminas à temperatura ambiente.
Os sucos são particularmente indicados para bebês e crianças porque são mais facilmente aceites e complementam o tratamento indicado pelo pediatra, que pode incluir anti-inflamatórios e anti-térmicos.

Veja como preparar cada um dos seguintes remédios caseiros para garganta:
Chá de alteia
Este chá é útil porque a alteia acalma os tecidos irritados, enquanto o gengibre e o hortelã-pimenta diminuem a inflamação e proporcionam a sensação de refrescância, diminuindo a dor da garganta inflamada.
Ingredientes
1 colher (chá) de raiz de alteia;
1 colher (chá) de raiz de gengibre picada;
1 colher (chá) de hortelã-pimenta seca;
250 ml de água.
Modo de preparo
Preparar este remédio caseiro basta adicionar o gengibre e a alteia em uma panela com água e deixar ferver por aproximadamente 5 minutos, a seguir, adicione a hortelã-pimenta. A panela deve ser tampada e o chá deve permanecer em infusão por mais 10 minutos. Tomar o chá várias vezes ao dia.

Xarope de gengibre e própolis

Este xarope é fácil de preparar e dura semanas quando guardado na geladeira, e pode ser usado por adultos e crianças.
Ingredientes
1 xícara de mel;
1 colher (de chá) de extrato de própolis;
1 colher (café) de gengibre em pó.
Modo de preparo
Misturar os ingredientes e levar ao fogo deixando ferver por alguns minutos. Quando amornar guarde num recipiente de vidro. Adultos podem tomar 2 colheres desse xarope por dia e crianças entre 3 e 12 anos podem tomar 1 vez ao dia.

Suco de abacaxi
O suco de abacaxi também é rico em vitamina C e quando adoçado com pouquinho de mel de abelhas, ajuda ainda mais a lubrificar a garganta.
Ingredientes
2 fatias de abacaxi (com casca);
1/2 litro de água;
3 gotas de própolis;
mel à gosto.
Modo de preparo
Bata os ingredientes no liquidificador e beba a seguir.
Gargarejo de limão com pimenta
O gargarejo de suco de limão com pimenta caiena é um ótimo remédio caseiro para acabar com a dor de garganta causada pela garganta inflamada.
Ingredientes
125 ml de água morna;
1 colher de suco de limão;
1 colher de sal;
1 pitada de pimenta-de-caiena.
Modo de Preparo
Misture todos os ingredientes num copo e gargareje várias vezes ao dia. Repouse e alimente-se bem.
Chá de folhas de maracujá

As folhas de maracujá são úteis para aliviar o desconforto causado pela garganta inflamada. Por isso é aconselhado tomar este chá sempre que sentir que a garganta está irritada.
Ingredientes
1 xícara de água;
3 folhas de maracujá trituradas.
Modo de preparo
Ferver a água e as folhas do maracujá durante alguns minutos. Quando amornar, coar e adicionar 1 colher de mel e tomar, de 2 a 4 vezes por dia.
Suco de morango

O suco de morango é bom porque fruta é rica em antioxidantes e vitamina C, sendo excelente para tratar infecções da garganta.
Ingredientes
1/2 xícara de morangos;
1/2 copo de água;
1 colher de mel.
Modo de preparo
Bata os ingredientes no liquidificador e beba a seguir. Tome o suco de morango de 3 a 4 vezes ao dia.

Garganta inflamada é um problema corriqueiro mas que gera muito incômodo. A dor de garganta é um dos sintomas mais comuns e pode ocorrer em adultos ou crianças. Quando a pessoa surge com a garganta inflamada, o que não faltam são dicas de remédios caseiros que podem melhorar o problema mais rápido.

É importante ressaltar a diferença entre a garganta inflamada causada por infecções virais ou bacterianas. Isso porque os remédios caseiros são indicados apenas em casos de infecções virais na proposta de aliviar e tratar os sintomas apresentados. Para saber diferenciar e entender as suas peculiaridades, confira o nosso conteúdo completo sobre dor de garganta.

No caso da doença viral, é importante não usar antibióticos para tratá-las – pois eles eliminam apenas as bactérias, e não os vírus. Alguns tratamentos naturais são utilizados para a dor de garganta. Por isso, separamos alguns remédios caseiros que podem te ajudar a aliviar e tratar os sintomas:

Gargarejos com água morna e sal
A água morna pode ajudar a reduzir os sintomas de dor da garganta inflamada, o que já é um ponto positivo para o gargarejo. “Quando feito com sal e vinagre, o gargarejo traz uma alteração no pH, que pode favorecer o quadro”, explica Gorinchteyn. “Este tratamento, no entanto, não deve ser feito sozinho, pois não agirá tão rápido quanto os medicamentos alopáticos, podendo levar a piora do quadro, dependendo da causa”, finaliza o especialista.

Ingredientes
120 ml de água morna

1 pitada de sal

Modo de Preparo

Misture os ingredientes num copo e faça gargarejo várias vezes ao dia.

Mel quente com limão
O mel possui ação microbiana, então ele realmente ajuda a aliviar a dor. Mas essa ação é só momentânea, não curando a garganta inflamada em si.

Saiba mais: Oito medidas que aliviam a dor de garganta
Dessa forma, seu uso deve ser considerado com cautela, já que como nos lembra Gorinchteyn, ele nunca reduzirá a inflamação como um medicamento alopático.

Já o limão, é um anti-inflamatório natural e por possuir vitamina C, fortalece o sistema imunológico e pode combater o sintoma de cansaço e fadiga.

Você pode aproveitar as propriedades do mel e limão para reduzir os sintomas da garganta inflamada, mas não deixe de tomar a medicação indicada por seu médico.

Ingredientes

1 colher (de chá) de mel

1/2 xícara de água quente

1 fatia de limão

Modo de Preparo

Coloque a colher com o mel numa xícara, em seguida, despeje a água quente, certificando-se de que o mel saia todo da colher. Esprema o limão e adicione na xícara. Mexa bem e coloque no micro-ondas por cerca de um minuto.

Própolis
É um dos itens mais indicados quando o problema é garganta inflamada. Mas apesar de ser um aliado da melhora dos sintomas, principalmente a dor na garganta, ele não trata o problema sozinho. “Existem alimentos que até conseguem reduzir a inflamação, mas nunca de forma tão rápida e eficaz quanto os medicamentos alopáticos”, alerta Jean Gorinchteyn, especialista do Hospital São Camilo, em São Paulo.

Além disso, se você está tomando medicamentos e consegue uma melhora dos sintomas com o própolis, isso não significa que o problema está resolvido. Inclusive, considerar isso é parar de tomar a medicação pode piorar o quadro.

O própolis pode vir em diversas apresentações e concentrações: extrato, tintura e pó. Ele pode ser encontrado na forma de spray bucal, pastilhas, balas, suspensão, xaropes, cápsulas e em gotas. O própolis também pode ser manipulado na forma de cremes, pomadas e loções, além de ser adicionado a diversos produtos cosméticos. De forma geral a indicação para manter a imunidade em dia é de 30 a 40 gotas dissolvidas em um pouco de água ou mel. Para outras indicações é importante ouvir a recomendação médica. Ele pode ser tomado por todas as pessoas, sem exagerar na dose. A única contraindicação é alergia ao produto.

Gengibre
O gengibre é um alimento muito citado, por ser um potente anti-inflamatório. Só que mais uma vez, sua eficácia só é garantida contra os sintomas, não há nada que comprove que ele trata o problema. “A bala de gengibre, inclusive, estimula a salivação, lubrificando as cordas vocais e melhorando a condição do local onde a agressão está ocorrendo”, diz a infectologista Valéria Paes, do laboratório Pasteur, em São Paulo.

O gengibre pode ser consumido cru, em conserva, como chá de gengibre ou como óleo. Ele ainda é usado em alimentos e bebidas como agente aromatizante.

Chás: a infusão de pedaços frescos de gengibre é utilizada no tratamento de gripes, tosses e resfriados. Além de ser um relaxante eficaz, hidrata o corpo e ajuda a eliminar as toxinas, podendo ajudar também no emagrecimento, devido à sua ação termogênica. O preparo consiste em deixar raízes, cascas ou talos de molho por cerca de 30 minutos e, após esse período, acrescentar água e levar o gengibre ao fogo por mais de 30 minutos
Na panela: o gengibre pode ser utilizado no preparo de pratos doces e salgados da culinária. Pode ser encontrado desidratado, fresco, em conserva ou cristalizado. Cuide para não substituir uma forma pela outra nas receitas, pois seus sabores são distintos
Sucos: tem ação anti-inflamatória, favorecendo a eliminação de toxinas do organismo. O suco gera mais disposição para o corpo. Para ficar mais saboroso, bata no liquidificador com abacaxi, hortelã ou raspas da casca do limão
Pedaços: mastigar as lascas de gengibre, assim como chupar a bala, ajuda a aliviar a rouquidão e irritações na garganta, mas é preciso atenção, pois, elas somente mascaram a dor. O gengibre irá aliviar os sintomas até que o corpo se encarregue de curar a doença ou que seja necessária alguma conduta clínica.

O chá é um remédio caseiro eficaz na redução dos sintomas de garganta inflamada. Isso se deve primeiro à presença da água, importantíssima para o tratamento do problema, segundo pela temperatura mais morna. “Algumas pessoas obtêm alívio sintomático com alimentos quentes”, explica o infectologista Julival Ribeiro, consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Algumas opções são:

Chá de camomila

Chá gelado de camomila e gengibre

Chá gelado de camomila com limão e mel

Balas
As balas, principalmente de menta e hortelã, também são recursos muito usados para disfarçar os sintomas da garganta inflamada.

No entanto, usar pastilhas com anti-inflamatórios pode ser muito mais eficaz, como nos lembra Ribeiro. Mais uma vez, o ideal é investigar a causa desta inflamação antes de tentar cuidar delas em casa.

E o recado continua o mesmo: o alívio dos sintomas não significa melhora da causa do problema, que precisa ser investigada. Uma amigdalite ou faringite de origem bacteriana pode levar a sérias complicações, por isso o correto é buscar um serviço de saúde.

Quando procurar ajuda médica
O médico deve ser procurado quando a dor de garganta apresenta sintomas incômodos, como pus e dificuldade em engolir, tomar água ou mesmo deglutir a própria saliva. “Sintomas como febre e mal-estar também justificam buscar um médico”, frisa o infectologista Jean.